Uma maneira simples de ensinar as crianças a amar o estudo da bíblia

ENSINANDO-AS-CRIANCAS

Você luta com a obtenção de seus filhos para prestar atenção nos estudos de bíblia familiares? Tente alavancar sua propensão natural para a brincadeira.

Quando eu comecei a tentar levar uma família a fazer um devocional com crianças pequenas, eu fiz um erro crucial.

Passei todo o meu tempo trabalhando duro para conseguir meus filhos para ficar quietos, prestando atenção, mantendo as mãos em si mesmos, e não se sujar com as balinhas e doces que tolamente esperava que satisfazê-los. Os resultados foram inexpressivos.

MINHA SUPOSIÇÃO

Se você é um pai, talvez você tenha cometido o mesmo erro que eu fiz. Meu erro foi um pressuposto básico: eu estava, inconscientemente, colocando empenhando o meu esforço para gerir o seu comportamento infantil.

Aqui está a nuance: Você e eu temos o direito de lutar por tudo o que eu listei acima e muito mais. É nosso trabalho para ajudar a amadurecer, treinar, corrigir e disciplinar nossos filhos. Mas todos nós concordamos que isso pode ser feito muito rapidamente ou muito duramente. Há momentos para corrigir e treinar nossos filhos, mas também há momentos para fazê-los progedir em seus modo de comportamento.


Conheça Maria, Marta e Lázaro.

DEUS FEZ AS CRIANÇAS BRINCALHONAS

Deus criou filhos com alguns atributos exclusivamente notáveis. Ele projetou as crianças serem empolgadas, cheias de espontaneidade, interpretações engraçadas, e um desejo sem fim para brincar, a imaginação, jogos de computador, a repetição, maravilha, vestir-se, humor e diversão. Este é o desígnio de Deus. Não é por acaso. Ele fez as crianças assim.

Comportamento das crianças pode ser um desafio para ter certeza, mas também é bonito. Quando chegamos a perceber esta verdade e aproveitá-lo, um mundo de grande relacionamento e ensino oportunidades abre-se com os nossos filhos.


Uh oh, Lázaro tem uma barriga-dor.

O que está acontecendo aqui nestas fotos com os meus filhos?

Esta é uma parte da nossa família devocional, um tempo para reunir com a família, ler e refletir sobre a Palavra de Deus, e orar e adorar juntos. Eu disse a eles que estaria agindo a história antes de lê-lo. Isso ajudou-los a permanecer engajados como eu li. Então nós fizemos uma encenação improvisada.


Lázaro morreu, causando muito choro como suas irmãs prepará-lo para o enterro.

Mas Jesus chega: “Ele vai subir novamente.” “Lázaro, vem para fora!”


Lázaro sai do túmulo, vivo! Jesus transformou a tragédia em triunfo.Parece divertido, certo? É! Minha esposa Amber e eu adoramos isso, meus filhos adoram, e nós fazemos lembranças divertidas juntos no processo. Para famílias com crianças pequenas como a nossa, este simples torção no momento devocional familiar pode fazer toda a diferença.

ESBOÇO DE UMA PRÁTICA DEVOCIONAL FAMILIAR

No caso de você pode achar que é útil, aqui está o que nós tendemos a fazer em nosso tempo para a família:

  • Orar
  • Cantar uma música ou duas
  • Ler a história da Bíblia
  • Convidar todas as crianças a interagir com o que ouviram
  • Agir fora da história, comigo narrando como necessário à medida que avançamos
  • Tirar fotos durante a reconstituição e deixar as crianças olhar as fotos
  • Cante uma música ou duas
  • Mantenha as mãos e orar juntos para o outro

Eu oro para que isso possa incentivar você. Que ele possa ajudá-lo a levar a sua família para Jesus com maior alegria e poder.

Como você pode incorporar o jogo dos seus filhos em sua própria família tempo devocional?

Fonte: http://theresurgence.com/
Autor: Andrew Weiseth
Tradução: Daniel Fernando Ribeiro César

Facebook Comentarios

Deixe uma Resposta

Seu endereo de email no vai ser publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*