O todo essencial – Bárbara Rebouças

O todo essencial

Vivemos num tempo em que as pessoas procuram loucamente serem felizes, saciadas e consideram que pessoas, lugares, coisas podem fazer isso por nós. Quantos perdem a vida tentando alcançar êxito, porém no fim descobrem que a alegria que buscavam não estava lá. A maior tristeza deve ser chegar no final da vida, olhar para o passado e constatar que o valor verdadeiro da vida não estava em algum lugar, ou em alguma coisa, e que uma vida inteira foi perdida em busca dessa tal alegria, paz e realização.

Bilhões de pessoas buscam preencher lacunas gigantes, a peça imprescindível que falta, no anseio desenfreado pelo poder, dinheiro, popularidade, sexo fácil, álcool, drogas, sucesso, tudo na tentativa de terem supridas as necessidades emocionais. Correm em direção de fugacidades corrosivas, já que a maioria torna-se escrava dessas supostas suficiências vãs. Esse todo prioritário que falta é Jesus Cristo, o autor e doador da vida real. Todo o resto fora dEle, não passa de ilusão.

A Bíblia Sagrada relata a existência do cego Bartimeu, homem que por anos foi mendigo, sem esperança, à beira da estrada portando uma capa, sobrevivendo por causa das moedas lançadas sobre seu corpo. O histórico dele era o pior, sem perspectiva de mudança ou de um futuro promissor. Esse mesmo homem ignorava que estava apenas a um passo de reverter essa trajetória destrutiva, faltava apenas a tomada da decisão mais relevante.

O espaço vazio de Bartimeu foi plenamente ocupado por um encontro que mudou o rumo da sua vida para sempre. Ele encontrou-se com o Cristo, o filho do Deus vivo e verdadeiro, que ao avistá-lo, perguntou qual era sua petição. A resposta foi: “eu volte a enxergar”. Com íntima compaixão, o Rei Jesus não apenas fez com que a capacidade visual fosse restituída, como o mais vital ocorreu, Bartimeu teve encontro pessoal com o Senhor e Salvador, tendo o coração liberto, perdoado, redimido, transformado. A luz da vida resplandeceu sobre esse homem e ele, por sua vez, disse sim ao chamado inegociável de Jesus.

Descobri que todos nós estamos quebrados, ou seja, temos uma peça essencial faltando e esse fator imprescindível é Deus, através do Seu glorioso filho, Jesus Cristo. Eu, por exemplo, estava sempre em busca de uma vida melhor, um propósito melhor, um eu melhor, um melhor tudo. Em paralelo, eu observava todas as coisas que estavam erradas no meu interior, admitia que necessitava de mudanças reais, mas quando percebi que sozinha não chegaria a lugar algum, pois não há a mísera probabilidade de evolução sem a companhia de Cristo, então entreguei tudo ao Rei Jesus submetendo-me inteiramente ao Seu domínio e governo. ⠀

Qual a sua história? Eu não conheço. Mas eu acredito piamente que um encontro real e definitivo com Jesus pode mudar tudo, para o louvor da glória dEle.

“E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando. E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi tem misericórdia de mim. E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama. E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho”. Marcos 10: 46-52

Bárbara Rebouças

Facebook Comentarios

Check Also

Inabalável confiança – Bárbara Rebouças

Inabalável confiança Há um remédio curador, bálsamo imprescindível, fonte inesgotável que nos concede o caminho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *