O anseio do Espírito é por você – Bárbara Rebouças

O anseio do Espírito Santo é por você

Um dia, enquanto meditava as Santas Escrituras, fui tomada pela seguinte revelação arrebatadora, sobre a tristeza sentida pelo Espírito Santo. Embora eu entenda que a Bíblia está nos alertando para não pecar intencionalmente, mas viver uma busca contínua rumo à santificação e honra a Deus, a palavra entristecer revelou-me grandes ensinamentos cruciais, que mudaram de modo drástico meu viver em Cristo e para ele.

Eu refleti sobre a tristeza em minha própria vida e sabia que tinha experimentado essa emoção quando eu me importava profundamente com alguém ou alguma coisa. Eu sofri quando minha amada avó faleceu. Fiquei de igual maneira desolada quando meus tios também partiram. E percebi que tristeza é uma palavra associada de modo direto ao amor. Eu sofri porque amo minha avó e meus tios.

Essa percepção gloriosa iluminou meu pensamento quando constatei que, se eu entristecer o Espírito Santo, é porque Ele me ama e não quer, de modo algum, que eu tenha semelhante atitude, pois estaria maculando minha comunhão com ele, o bem mais importante que possuo. Essa foi uma constatação profunda e revolucionária sobre mim. A pessoa gloriosa do Espírito Santo de Deus não é apenas designada para mim. Ele não vive dentro de mim porque tem obrigação de fazer isso. Ele vive dentro de mim porque quer isso, decidiu tornar-me Sua habitação no instante que entreguei-me ao Rei Jesus. Diante dessa verdade sublime, o meu prazer é fazer a vontade dEle. A minha alegria é agradar ao coração do meu Dono.

O Espírito Santo se preocupa profundamente com o que eu faço, e com quem eu me torno a cada passo do caminho, no santo caminho redentor. Ele tem zelo e ciúme sobre meu respirar, para que em tudo a glória de Cristo seja revelada com meu testemunho de nova criatura. Ele não só está envolvido no âmbito espiritual em minha vida, mas também mantém-se emocionalmente envolvido em quem eu sou e quem eu devo ser, para glória de Deus. Que diferença extraordinária essa verdade fez na minha perspectiva espiritual. Eu posso entregar tudo, confiar nEle completamente porque Ele me ama.

Não há motivos para os filhos de Deus conquistarem o amor do Espírito Santo ou tentarem impressioná-lo. Esse amor já existe, repousa sobre aqueles que entregaram suas vidas a Cristo, e essa relação precisa ser cada vez mais íntima, intensa. Ele se importa profundamente com o que o servo se importa, porque ele se importa com quem assumiu a identidade em Cristo. Ele quer o melhor para nós. Ele deseja que todos cumpram o propósito dado por Deus, de ser um servo adorador de Cristo. Por isso, você e eu somos profunda, incondicional e permanentemente amados pelo Espírito Santo de Deus.

O Espírito Santo quer aliviar seu fardo, resolver seus problemas, confortar seu coração partido, curar as feridas da sua alma, ajudar você a passar pelo vale da sombra. Mas sobretudo, ele anseia te fazer santo, endireitar seu caminho na luz da verdade libertadora, porque ele preparou a eternidade para você estar com Deus Pai e Cristo. Ele quer lhe cobrir com os frutos dEle. Porém, sem santidade ninguém habitará com o Altíssimo. Para tanto, o Espírito Santo planeja convencer a cada um de nós acerca das consequências destrutivas do pecado, do estabelecimento do juízo e justiça divina sobre a terra. O Reino Celestial permanece disposto a transformar nosso viver em conformidade ao caráter puro do Rei Jesus, cujo corpo foi imolado na cruz por amor a humanidade. Quem decide é você e eu firmar-nos nesse chamado irrecusável.

“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós. Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo”. Efésios 4: 30-32

Bárbara Rebouças

Facebook Comentarios

Check Also

Inabalável confiança – Bárbara Rebouças

Inabalável confiança Há um remédio curador, bálsamo imprescindível, fonte inesgotável que nos concede o caminho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *