Mensagem sobre a afetividade – Adriana Fonte

carinho

Mensagem sobre a afetividade

“Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama (Ef 5:28)”.

A afetividade está relacionada ao estado de ânimo, humor, sentimentos, emoções e as paixões. Refletindo sempre a capacidade de experimentar sentimentos e emoções.

Quem determina a afetividade, geralmente é a atitude geral da pessoa.

Ela é responsável por perceber os fatos de maneira agradável ou sofrível, conferindo uma disposição indiferente ou entusiasmada e determina os sentimentos que podem oscilar entre dois pólos, desde a depressão à euforia.

A afetividade é quem confere o modo de relação do indivíduo com a vida e será através da tonalidade de ânimo que a pessoa perceberá o mundo e a realidade. Direta ou indiretamente a afetividade exerce profunda influência sobre o pensamento e sobre toda a conduta do indivíduo, principalmente nos relacionamentos.

Todos gostam de afeto, a não ser que seja portador de deformações psicológicas, de modo geral, todos gostam de se sentirem queridos.

Numa família, que seja digna deste nome, os pais amam os filhos; os filhos aos pais; os irmãos igualmente e mutuamente; o marido e a esposa se unem em afeição elevada e santa.

No ambiente familiar cristão, o desejo de afeto pode e dever ser satisfeito em sua plenitude.

As demonstrações de carinho, de apreço, que não custam nada, podem e devem ser cultivadas, principalmente no ambiente do lar. O esposo deve demonstrar tanto em palavras como em gestos ou atos concretos, assim como a esposa.

Na Bíblia vemos um esposo dizendo a esposa: “Muitas mulheres procedem virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas (Pv 31:29)”.

Em Cantares de Salomão, levando em conta o aspecto poético, vemos uma expressão do maior significado, demonstrando o afeto do esposo à esposa. O marido diz a esposa, sem nenhum acanhamento, exaltando a sua beleza física e/ou espiritual. E ele se sente bem fazendo isso, nos versos seguintes, descreve a beleza de sua amada em detalhes impressionantes, demonstrando cumplicidade e conhecimento do corpo da amada: “Como és formosa, querida minha, como és formosa! Os teus olhos são como os das pombas e brilham através do teu véu. Os teus cabelos são como o rebanho de cabras que descem ondeantes do monte de Gileade (Ct 4:1)”. De igual modo, a esposa dirige-se ao marido com a seguinte expressão de carinho: “Como és formoso, amado meu, como és amável! O nosso leito é de viçosas folhas, as traves da nossa casa são de cedro, e os seus caibros, de cipreste (Ct 1:16,17)”.

Num relacionamento conjugal, inspirado na Palavra de Deus, deve haver sempre lugar para o desenvolvimento do verdadeiro amor, da paz e da união, principalmente porque se trata de irmãos em Cristo. E não ter lutas e dissenções.

Podemos entender que dentre os caminhos do homem, um dos mais difíceis é o da vida conjugal, por se tratar de duas personalidades diferentes que devem se unir em uma só carne. Mas a dificuldade somente ocorre, se não usarem verdadeiramente a Bíblia como bússola.

Um elogio, uma expressão de reconhecimento dirigida ao cônjuge faz bem ao espírito, à alma, ao corpo, ao coração. Contribui para a saúde espiritual e física. Um bom relacionamento espiritual e afetivo vale mil vezes mais do que qualquer medicamento.

Há muitas mães de família doentes dos nervos, do coração, do aparelho digestivo, tão-somente por causa dos maus tratos sofridos no lar. Isso, sim, custa muito caro, tanto moral quanto financeiramente.

Mas num lar que a esposa recebe carinho, amor e elogios, a esposa, em lugar de se sentir inferiorizada, humilhada, sente-se feliz e pode dizer: “Eu sou do meu amado, e ele me tem afeição” (Ct 7:10) – sujeitando-se a ele com prazer e afeição, por amor.

“E ele, assentando-se, chamou os doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos (Mc 9:35)”.

Quer receber amor, dê carinho.

Que Deus possa inundar nossos corações de amor, bondade e generosidade.

Graça e Paz

Miss.Adriana Fonte

Facebook Comentarios

Deixe uma Resposta

Seu endereo de email no vai ser publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*