Família um Projeto de Deus – Bárbara Rebouças

Família: projeto de Deus

Após um dia extremamente produtivo no trabalho, além das inúmeras outras atividades executadas pós expediente, a tendência natural do corpo é emitir sinais de cansaço físico e mental ao findar daquele período. Nada mais reconfortante do que dispor de um lar, o aconchego emocional vindo da família que ajuda a desacelerar as tensões ao lado de pessoas que realmente nos querem bem.

Ter para onde voltar significa possuir tesouros indecifráveis. Muito além da perspectiva espaço físico sedimentado por paredes, viver em família, dentro da mesma casa, é estar integrado ao maior patrimônio instituído por Deus desde a criação do homem e da mulher. O Senhor projetou a família, em seu coração, antes mesmo da formação da terra, para que estivesse em íntima comunhão com ele. Eis aqui o pilar da humanidade, a base que permeia o porquê de existirmos.

Não nascemos por mera casualidade ou vã coincidência decorrente do encontro dos nossos pais. Não carregamos seus sobrenomes por acidente de percurso. Todos nós, independentemente da classe sociocultural inserida temos um limiar, e junto a esse advento incrível, que é a concepção da vida, construímos histórias entrelaçadas dentro do primeiro vínculo social, a família, quando a tenra infância é descortinada ao nascermos.

O mais extraordinário neste contexto é o fato do próprio Deus do universo ter estabelecido a vinda de Cristo, em forma humana, no ventre de uma mulher. Embora tenha sido proveniente do Espírito Santo, com intuito de salvar os pecadores, o desdobramento histórico, predito nas Sagradas Escrituras, descreve a união familiar entre a bem-aventurada Maria e seu honrado noivo José. Ambos servos do Altíssimo, eles foram escolhidos e contribuíram decisivamente para a consumação da obra legítima almejada por Deus ao amarem fielmente o Redentor do mundo.

Não existem famílias perfeitas, ao contrário, divergências acontecem, inclusive até momentos não muito agradáveis, mas o essencial deve existir, tendo o amor o vínculo da perfeição, porque Deus é o próprio amor imutavelmente santo. Sendo assim, busque amar intensamente a sua família, sobretudo com atitudes práticas, cotidianas, valorizando cada instante juntos. O poder de curar os relacionamentos familiares abalados só é experimentado por meio do perdão real na presença gloriosa do Altíssimo. Então, perdoe e expresse quão valiosos são seus pais, irmãos, esposo, esposa, primos, pois Deus quer que todos vivam em unidade.

O maior testemunho que eu posso carregar é que o Rei Jesus entrou na minha casa e salvou a minha família. Este é, incontestavelmente, meu grande tesouro, que ninguém pode roubar. Pela graça redentora, eu e minha casa servimos ao Rei Jesus. Somos chamados pelo Nome Santo do Altíssimo e por Ele vivemos.

“Então, Josué disse a todo o povo de Israel]: ( … ) Escolhei hoje a quem sirvais; ( … ) porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.” (Josué 24:2, 15)

Bárbara Rebouças

Facebook Comentarios

Check Also

Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade – Bárbara Rebouças

Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade Do ponto de vista analítico a cultura secular …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *