sexta-feira , 4 agosto 2017

O que a bíblia fala do namoro – Do livro Resolva seus Grilos – ECLESIA

Este artigo já foi visto1649 vezes!

namoro

Namoro

 

P. A Bíblia fala sobre namoro?

R. Você nao vai encontrar a palavra namora na Bíblia pela mesma razão por que não encontra a expressão Escola Bíblica Dominical. Namoro, assim como Escola Dominical não faziam parte da sociedade nos tempos bíblicos. Naquela época, a maioria dos casamentos eram arranjados pelos pais. Confirme lá em Gênesis 24.

Não seria ótimo se fosse assim hoje em dia? Pense nisso! Nada de preocupações com medo de ficar para titia. Nada de problemas para arrumar companhia para o baile de formatura. Nada de pressões dos amigos para sair com qualquer um. Nada de sextas-feiras à noite sem nada para fazer.

Entretanto, tudo tem seus prós e contras. O parceiro que seus pais escolheram para você tem sido o bebê mais lindo da cidade, mas nunca se sabe se quando estiver no colegial ainda vai estar chupando o dedo. Ou eles podem ter escolhido uma garota que já tem 1,80m de altura (e continua crescendo), enquanto você já parou nos 1,60m.

Diante dessas alternativas, você deve estar bastante satisfeito com o sistema de namoro do nossos dias. Além do mais, se seus pais não conseguem nem escolher o tipo de roupa que você gosta, como é que eles seriam capazes de escolher o tipo de pessoa com quem gostaria de se casar?

Apesar de não encontrarmos a palavra “namoro” na Bíblia, encontramos quase em todas as páginas, versículos que se aplicam ao seu relacionamento de namoro. Estaremos chamando a atenção para muitos deles ao longo das respostas às perguntas deste capítulo.

P. Estou namorando um rapaz há pouco tempo. Outro dia resolvi sair com o pessoal da igreja e ele ficou muito bravo comigo. O que fiz de errado?

R. Algumas pessoas iniciam um namoro com uma atitude de “posse”. Acham que o outro é propriedade deles e se recusam a permitir que você viva sua própria vida. Agem como se você pertencesse a eles como um objeto e querem que você satisfaça a cada um de seus desejos e necessidades.

Há também aqueles que começam um relacionamento com uma atitude de “paixão”: toda a ênfase do namoro é em estar apaixonado. Como as outras áreas (amizade, conhecimento, etc) são deixadas de lado, tais pessoas tornam-se muito inseguras, e se você sai com uma turma de amigos, quase morrem de ciúmes.

Filipenses 2,3,4 expressa a atitude correta que as pessoas devem ter num namoro: “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas com humildade cada um considere os outros superiores a si mesmo, mas com humildade cada um considere os outros superiores a si mesmo; não olhe cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros”. A atitude correta é de “amizade”, “companheirismo”. O objetivo do namoro não é satisfazer às suas necessidades, mas as do outro; não é aumentar a “paixão”, mas crescer em amizade. Mesmo que você demonstre de forma muito clara que seu objetivo no namoro é esse, algumas pessoas não vamos entender. Quando isso acontecer, seja paciente com ele. Empenhe-se em relembrar-se que namorar não significa ser dono de outra pessoa. Depois de algum tempo, espera-se que a pessoa enxergue seu ponto de vista e tenha a mesma atitude.

P. Tenho catorze anos e todos os meus amigos estão namorando. Meus pais dizem que só vou poder namorar quando fizer dezesseis anos. Não acho isso justo. Quantos anos preciso ter para poder namorar?

R. Poucas questões causam tanto conflito nas famílias com essa sobre “qual idade é ideal para começar a namorar”. Alguns pais acham que o filho só deve namorar depois de casado. Alguns filhos acham que nasceram prontos para namorar.

Você pode ficar surpreso ao saber que não é a idade biológica que conta, mas sim a maturidade espiritual e a emocional que determinam se você já tem idade para namorar. Quando meus dois filhos mais velhos tinham doze e catorze anos, eles me fizeram a mesma pergunta. Fui honesto com eles e respondi: “Não sei, depende de vocês. Vocês não têm idade para namorar enquanto não tiverem desenvolvido sua maturidade espiritual e emocional a ponto de dizer não à pressão sexual. Em outras palavra”, eu disse, “vocês terão idade para namorar quando mostrarem caráter e maturidade para abrir mão do prazer imediato em prol do futuro”. Foi muito interessante observar como meus dois filhos concordaram comigo.

Como saber se você é maduro o suficiente para namorar? Veja abaixo algumas evidências:

  • Suas decisões não são predeterminadas por alguém.
  • Você não se deixa influenciar pela pressão do grupo.
  • Sua ato-imagem não se baseia no fato de estar ou não namorando.
  • O objetivo de seu namoro é conhecer a outra pessoa e não viver uma grande paixão.
  • Você assumiu um compromisso com a pureza sexual e não vai envolver-se com sexo antes do casamento.
  • Você tem a permissão dos seus pais.

Apesar de sua maturidade ser o fator determinante na questão de estar pronto para namorar, a idade biológica também tem muito a ver com isso. Considere as estatísticas. A coluna de esquerda é a idade em que as meninas começaram a namorar. A outra coluna mostra a porcentagem delas que acabou se envolvendo com sexo antes de terminar o colegial.

Idade Envolvimento com sexo
12 91%
13 56%
14 53%
15 41%
16 20%

P. Estou namorando um rapaz que é cinco anos mais velho do que eu. H[a algum problema nisso?

R. Depende de sua idade. Se você tem quinze anos e est[a namorando um garoto de dez anos, ou tem dezoito e está namorando um de treze anos, então algumas perguntas precisam ser feitas, tais como? “Por que você está namorando alguém tão mais novo que você?”. Muitas pessoas namoram alguém bem mais novo por causa de seu ego, por insegurança, por querer controlar o relacionamento ou por ter alguma outra intenção além de ver filmes e comer pipoca.

Mas, digamos que você tenha oitenta e cinco anos e namore alguém de vinte e um anos. Há uma grande diferença, não tanto na idade, mas na maturidade, nos interesses, nas perspectivas.

Se você está pensando em namorar alguém bem mais velho do que você, precisa encontrar a razão. Muitas vezes, uma diferença de idade de cinco anos para um adolescente não é muito seguro. Seria mais sábio manter-se no máximo de dois anos de diferença.

P. Meu pai não me deixa namorar nenhum dos rapazes que me pedem em namoro. Ele é superprotetor. Até minha mãe concorda comigo. O que posso fazer para que ele solte um pouco as rédeas?

Em primeiro lugar, procure entender a posição de seu pai. Durante toda a sua vida você foi a “garotinha” dele. Agora, um “marmanjo” quer namorar você e levá-la para longe dele.

Pais geralmente pensam no pior quando a filha começa a namorar. Seu pai não tem apenas medo de perdê-la, como tem outros medos também. Ele teme que você se envolva fisicamente com o rapaz e vá longe demais. Não é de você que ele desconfia, mas dos hormônios do seu namorado. Ele também tem medo que você se magoe. Um pai quase morre ao ver sua “filhinha” chorando, magoada com alguma coisa. Principalmente quando ele acha que poderia ter evitado essas lágrimas se tivesse protegido você daquele “idiota” (traduzindo – qualquer rapaz que estivesse namorando sua filha).

Por isso, procure entender seu pai. Depois, fale com ele sobre seus padrões a respeito de namoro. Faça-o saber as qualidades que você procura em alguém para namorar. Diga-lhe sobre o compromisso que assumiu ao decidir permanecer pura e esperar pelo casamento. Fale também que acha sábio não ficar o tempo todo a sós com o namorado, e que pretende sair com outros casais de namorados. No tempo certo seu pai, provavelmente, lhe dará mais liberdade.

          Fonte: Do livro Resolva seus Grilos – ECLESIA – Rua Dr. Luiz Arrobas Martins, 344, 04781-000 São Paulo – SP, Tel: (011) 246-8100 Fax: (011) 247-3755 email: exodus@eclesianet.com.br www.eclesianet.com.br

Quer arrumar uma namorada? Se inscreva no Amor em Cristo, é de graça, e é muito bom mesmo, clique se inscreva no link: www.amoremcristo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *