Existe uma convicção imutável no universo – Bárbara Rebouças

12120312

Minha formação jornalística não está restrita à construção de reportagens seculares, seja no âmbito televisivo, rádio ou assessoria de imprensa, meu chamado é muito maior. Existo para anunciar a Cristo. O Rei Jesus libertou-me do poder das trevas, já não sou escreva da iniquidade, pois fui levada ao Reino do Filho do Seu amor. Eu tenho sido renovada e avivada por esse amor indestrutível. Aqui estou eu, ansiando por estar mais e mais no centro de tudo, meu Cristo.

Nutro incomparável missão em ver almas e almas rendidas diante da verdade libertadora, pessoas alcançadas pelo Espírito Santo, sendo salvas, convertidas ao plano perfeito de Cristo. Recebi ordem do Senhor Jesus para escrever minhas experiências espirituais aos pés dEle, bem como comunicar as pessoas, a fim de salgar e iluminar almas. Esse é o princípio inegociável pelo qual existo.

Sou alguém efetivamente vista por Deus, uma mulher projetada para glória dEle. Esse plano gracioso não é exclusividade minha, você também está inserido, porque Deus o criou para pertencer ao céu. Deus não tem filhos prediletos, não tem favoritismo. O Senhor Jesus permanece à procura de homens e mulheres dispostos a ouvi- lo e segui-lo com coração por inteiro, que O amem acima desse mundo efêmero.

Não sou perfeita, mas busco viver o que prego e pregar a essência do meu chamado. Minha identidade reside no lar eterno com Cristo, porque minha pátria é o Reino Celestial. Sim, sou peregrina e forasteira nesse mundo passageiro. Quão inigualável é acreditar nessa verdade fiel. Nada se compara ao céu. Por isso, meus olhos espirituais permanecem ansiando ardentemente encontrar meu Dono, Senhor e Salvador Jesus.

É extremamente sério o que eu, Bárbara Reboucas, hoje escrevo por determinação do Espírito Santo. Se a vida nesse mundo parece oferecer muitas opções, a eternidade nos concede apenas duas: céu ou inferno. Nosso relacionamento com Deus aqui determinará nosso relacionamento com ele na eternidade. Se amarmos ao Rei Jesus e buscar honrar Sua Santa Palavra, nós seremos convidados a passar a eternidade com ele. Entretanto, se desprezarmos o amor, o perdão e a salvação que só ele oferece, passaremos a eternidade separados dEle. O corpo terreno é apenas uma residência temporária do nosso espírito. Mas decidimos no corpo físico onde estaremos espiritualmente na eternidade.

Para ser feliz precisamos de bons referenciais e, principalmente, segui-los. Necessitamos conhecer a Deus, amá-lo por inteiro. Tentar ser felizes por nós mesmos, sem os princípios santos de Deus, levará ao fracasso total. Quanta felicidade vemos por aí? E ela tem faltado somente onde falta dinheiro, status ou a pretensa beleza exterior? Absolutamente não. Ela sempre não existirá onde falta Deus, onde falta obediência a Sua verdade eterna. Para ser feliz pelos anos subsequentes, não vivamos como se Deus fosse mero espectador do estilo de vida que decidimos levar. Ao contrário, o imprescindível é buscarmos os parâmetros santos de Deus para nossas vidas e os levemos a sério enquanto há chance, enquanto estamos vivos.

Existe uma convicção imutável no universo. O mesmo Rei Jesus que anuncia amor incondicional a humanidade é o mesmo Cristo que brada condenação pela rebelião e escárnio do homem aos mandamentos do Altíssimo. O mesmo Salvador misericordioso que confirma perdão sobres os quebrantados e contritos de coração, também proclama juízo e justiça sobre toda terra no Dia do Seu regresso. Deus nos concederá tudo que for necessário, a começar pelo mais vital, Sua Santa presença, se apenas fizermos a definitiva escolha de viver para glória dEle, desde agora e para sempre.

“Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão”. Marcos 13: 31

“E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas sim os que estão enfermos. Eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores, ao arrependimento”. Lucas 5: 31- 32

“Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, para que ao Nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai”. Filipenses 2: 9-11

Bárbara Reboucas

Facebook Comentarios

Check Also

Qual será nossa resposta – Bárbara Rebouças

Qual será a nossa resposta? A maior descoberta da minha vida é a Graça de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *