Como ser cheio do Espírito Santo


Como ser cheio do Espírito Santo.

Deus é bom o tempo todo, o tempo todo Deus é bom. Amém? E ele tem uma palavra assim para sua vida muito especial hoje.

Algumas coisas na nossa vida elas nos fazem pensar, refletir, algumas dessas que nos fazem refletir e pensar geralmente não são as mais, naqueles momentos em que você está alegre, e/ou satisfeito, ou na sua zona de conforto. Geralmente as coisas que mais nos fazem pensar são muitas vezes aquelas são momentos em que a gente somos levados a ter algum tipo de crise, e a gente quer uma resposta, em que você busca uma resposta com todo o seu coração. Enquanto você não pergunta sobre estas coisas, não reflete sobre estas coisas, não quer buscar estas coisas, é,  parece que elas são como assim, é legal o que aquele cara falou, legal o que aquele cara testemunhou mas isto não faz parte do seu dia-a-dia, porque não faz parte de uma reflexão profunda na sua vida. De você querer uma resposta, de você perguntar, esperar, e aguardar que aquela resposta venha no seu dia-a-dia. Eu não sei o quanto você deseja ser cheio do Espírito Santo. Eu me converti eu tinha mais ou menos uns 14 anos. Eu vim para Jesus com tudo. Em um ano mais ou menos eu tinha um apelido com os adolescente e nos lugares aonde eu ia. O meu apelido era “PASTORZINHO”, imagina só né, será porque né? Eu não sabia o que Deus. Eu sabia que Deus tinha um chamado para mim desde os 14 anos. Mas isto foi ficando mais claro com o tempo. E aos 17 anos houve um convite do mundo que eu aceitei. Eu achei que ficar vindo aos cultos e tendo comunhão com os irmãos, iam me mostrar algumas coisas boas, mas que o mundo, eu não tinha experimentado tudo que o mundo iria dar, e é por isto que eu estava na igreja. Olha só que coisa. E junto com os amigos da igreja nós decidimos dar uma passeada pelo mundo. Fomos na festinha, na baladinha, tomar uma bebidinha, e ai usa um tipo de coisa para ficar mais alegre ou para perder um pouco a vergonha. E eu entrei um pouquinho naquele mundo de sair com os amigos e curtir uma parada ai…. Quanto se passou mais ou menos um ano, entre 17 e 18 anos, eu tinha pego uma misturinha lá e cheirado a misturinha, não foi nada assim, eu misturei umas coisinhas de farmácia lá, todo mundo fazia naquela época. misturava lança-perfume, misturava outras coisinhas, eu nem vou dizer aqui… ai eu senti um vazio tão grande dentro de mim, ai depois que eu fiz aquilo eu olhei. Eu estava no 3º andar de um prédio na 14 de julho, na 14 de julho  com a Afonso Penna, e ai eu pensei que eu podia voar, de repente eu poderia sair pela janela voando. São as idéias que dá quando você está alucinando. Quando eu sai daquele efeito eu falei assim: – O que eu estou fazendo aqui? Naquela hora veio uma resposta do Espírito Santo, depois eu até fiz uma letra, uma música, pelo menos umas três pessoas que gravaram isto em CD, em LP, Long-Play, contando um pouco desta história, mais ai logo me veio uma coisa. Se eu tenho um Deus tão grande assim, o que estou fazendo aqui agora? Porque estou fazendo estas coisas? Porque estou levando a vida do jeito que estou levando? …..

Transcrição por Daniel Fernando Ribeiro César

Mensagem de Pr. Ronaldo Batista

Mais informações: http://www.primeirabatista.org.br

Facebook Comentarios

Deixe uma Resposta

Seu endereo de email no vai ser publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*