Católico & Evangélico – Por que? Frank Medina

Católico x Evangélico, Por que?


Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! (Salmo 133: 1)


Queridos, tudo bem?

 

Que o amor de Deus a graça e paz de Jesus Cristo e a comunhão do Espírito Santo esteja contigo e com todos os que você ama no dia de hoje e para todo o sempre.

 

Claro que existem diferenças entre as duas religiões verdadeiramente cristãs no Brasil e, porque não, no mundo, não entrarei nesse mérito nessa mensagem. Mas, será que Deus se alegra em ver pessoas defendendo com tanto afinco a sua religião? Creio que não. Sabe por quê? A Palavra de Deus diz: “Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã. A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo.” (Tiago 1: 26 e 27)

 

A diferença entre católicos e protestantes começou há muitos anos atrás, quando Martinho Lutero e alguns outros padres resolveram ir contra a vontade da igreja como instituição e resolveram dizer ao povo que eles tinham todo o direito de conhecer a verdade através da Bíblia, a Palavra de Deus, até então só os magistrados podiam ler a Sagrada Escritura. Muitos anos se passaram, mas ficou arraigada uma grande divisão entre as duas religiões. Talvez eu tenha um sonho utópico, mas de verdade precisamos entender que Jesus Cristo veio ao mundo para nos ensinar a sermos irmãos e não inimigos, com certeza Deus não se agrada em nada com o que vem acontecendo. Claro existe uma grande diferença doutrinaria que separam as duas religiões, mas existe algo muito maior que poderá uni-las, JESUS CRISTO.

 

A igreja católica reivindica para si o título de a igreja de Jesus Cristo, de verdade a Igreja de Jesus é cada pessoa que O aceitou como único Senhor e suficiente Salvador, senão veja: Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e individualmente uns dos outros.” (Romanos 12: 4 e 5) A instituição igreja é o local onde os membros do corpo de Cristo se reúnem e não é a Igreja que Jesus virá buscar, a Igreja que Jesus Cristo virá buscar somos cada um de nós, a Bíblia nos ensina que somos o templo do Espírito Santo, somos nós que devemos fazer a diferença para aqueles que estão perdidos no pecado, para aqueles que não conhecem a verdade redentora que só existe em Jesus Cristo. Mas ai entra as diferenças, a igreja católica diz que só ela salva, de verdade, quem salva é só Jesus Cristo e Ele não deu nenhuma procuração para quem quer que seja para salvar em nome dEle, no nome dEle podemos expulsar demônios, ministrar cura, ministrar sobre a salvação que há para aqueles que aceitam a Jesus Cristo como único Senhor e suficiente Salvador. Senão veja: “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.” (João 14: 6)

 

Por outro lado à igreja evangélica (ou a maioria delas) também dá a entender que só sendo membro de uma igreja evangélica a pessoa alcançará a salvação, de verdade não é a igreja evangélica que leva a salvação e sim o Espírito Santo de Deus que nos conduz a aceitar a Jesus Cristo como nosso único Senhor e suficiente Salvador. Senão veja: “Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” (Romanos 10: 13) Claro que alguém tem de apresentar o plano de salvação de Deus, mas isso não é exclusivo de nenhum grupo, e sim de qualquer pessoa que se disponha a obedecer a Jesus Cristo, as Suas ordens foram: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” (Marcos 16: 15)

 

Vejo em muitos carros a seguinte frase: “Sou feliz por ser …” Não temos que ser feliz por ser católicos ou evangélicos, temos que sermos felizes por pertencermos a Jesus Cristo e colocar nas mãos dEle toda a nossa vida. Muitos católicos e evangélicos colocam em seus carros adesivos de Jesus, Maria, etc., rosários, patuás diversos, com a intenção de pedir proteção a Deus, temos que entender que não é estas coisas que nos protegem, quem nos protege é Deus: “O Senhor protegerá a tua vida contra todos os males! O Senhor tomará conta de todos os teus passos, indo e vindo; Ele te protegerá até o fim da vida.” (Bíblia Viva – Salmos 121: 7 e 8) Quem intercede ao nosso favor é Jesus Cristo: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo”. (1ª João 2: 1) E quem nos conduz ao arrependimento e anda junto conosco nos guardando de fazer coisas que desagradam a Deus é o Espírito Santo: “Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em Meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto Eu vos tenho dito”. (João 14: 26) É em Deus que temos que colocar a nossa confiança, nEle, a Bíblia nos ensina: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.” (Salmo 127: 1)

 

E o pior, vemos carros que contem adesivos cristãos, mas que fazem coisas que em nada mostram que são cristãos, não respeitam leis de transito, fecham os outros motoristas, andam pelo acostamento, xingamentos, etc. E o que dizer de pessoas que andam com Bíblias nas mãos, camisetas com estampas ou frases cristãs, pulseiras, etc. e não demonstram ser quem tentam dizer que são, vejo em ônibus, trem, metrô, pessoas fazendo se parecer cristão, mas, que não dão lugar às mulheres e aos idosos, etc. Não agem como se apresentam e isso faz com que o nome de Jesus Cristo seja maculado. Vamos, pelo amor que Deus tem por nós, sermos aquilo que dizemos que somos, vamos viver aquilo que pregamos: “Vós sois o sal da terra… Vós sois a luz do mundo… Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” (Mateus 5: 13, 14 e 16) Aprendi uma frase que diz: “O pior pecado é aquele cometido pelo pregador.” Não sejamos como os publicanos descritos na Bíblia, não devemos viver o ditado que diz: “Faça o que eu digo, mas, não faça o que eu faço.” E sermos coniventes com tudo o que tem acontecido de errado entre os que se dizem cristãos, um grande líder chamado Martin Luther King Jr. disse: “Não me assusta o grito dos maus, o que me assusta é o silêncio dos bons.” Pense nisso.

 

Deus quer que entreguemos tudo a Ele, a Bíblia nos ensina o seguinte: “Mas buscai primeiro o Seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6: 33) Temos que parar de colocar a nossa confiança em nossos lideres e em nossas instituições, devemos respeitá-los, mas confiança apenas em Deus, eles tem a obrigação de nos ensinar, mas nós também temos a obrigação de andarmos com nossos próprios pés, não é porque alguém fala que a igreja católica não presta, ou alguém que diz que a igreja evangélica que não presta que vamos acreditar, não podemos jamais generalizar, nos dois grupos existem pessoas boas e pessoas más, como em qualquer outra área da vida, nós temos é que pedir ao Espírito Santo para nos ensinar a viver exatamente aquilo que Deus quer, e não o que os homens querem, a Bíblia nos ensina: “Sim vocês ensinam a outros, então por que não ensinam a si mesmos?…” (Bíblia Viva – Romanos 2: 21) “Vocês têm tanto orgulho de conhecerem as leis de Deus mas vocês O desonram, quebrando as mesmas leis. Não é de admirar que as Escrituras digam que o mundo fala mal de Deus por causa de vocês.” (Bíblia Viva – Romanos 2: 23 e 24) Sejamos colaboradores dos nossos lideres, com a consciência de que conhecemos a verdade através da Palavra de Deus e não porque nos disseram que deveria ser assim, leia o Manual do Fabricante, comece pelos Evangelhos, leia Atos, as cartas dos apóstolos, os Salmos, tudo e você verá que em um curto espaço de tempo conhecerá toda à vontade do nosso Criador.

 

Queridos, arde em meu coração à chama de ver aqueles que se dizem cristãos serem verdadeiramente cristãos, e não cristãos apenas de palavra, vamos mudar a nossa mente, vamos quebrar os nossos paradigmas, vamos mostrar ao mundo o verdadeiro Cristianismo, sejamos embaixadores de Cristo aqui na terra, vamos levar as Boas Novas do Evangelho aos quatro cantos da terra e deixemos as diferenças doutrinarias para aqueles que se sentem felizes em ficar apresentando o erro dos outros, eu da minha parte acredito que só Jesus Cristo pode julgar, Jesus me ensinou assim: “Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.” (Mateus 7: 1 a 5)

 

Para finalizar, façamos como Paulo: “Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Filipenses 3: 12-14)

 

Tudo isso, aqui, escrito é para divulgar a Palavra do nosso Deus e levar a vontade dEle ao maior número de pessoas possível, que Deus através destas palavras possa mostrar a quem lê, a Sua boa, agradável e perfeita vontade, tudo isso em nome do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.


Para refletir;

 

Mas ponham à prova tudo o que for dito, para terem a certeza de que é verdade, e se for, então aceitem. Afastem-se de toda espécie de mal. Que o próprio Deus de paz faça vocês inteiramente puros, e que o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam conservados fortes e irrepreensíveis até aquele dia quando nosso Senhor Jesus Cristo voltar. (Bíblia Viva – I Tessalonicenses 5: 17 a 23)


 

Um carinhoso abraço do seu irmão em Cristo,

Frank Medina

Facebook Comentarios

Check Also

Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade – Bárbara Rebouças

Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade Do ponto de vista analítico a cultura secular …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *