Anda na minha presença e se perfeito – Regina Lopes

Anda na minha presença e se perfeito – Regina Lopes

abril 22, 2013 0 Por Regina Lopes

ANDA NA MINHA PRESENÇA E SÊ PERFEITO

 

andar estrada

“Quando Abrão tinha noventa e nove anos de idade, apareceulhe o Senhor e lhe disse: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda na minha presença, e sê perfeito”. Gn 17.1
A Bíblia Linguagem de Hoje está escrito: “Quando Abrão tinha noventa e nove anos, o Senhor Deus apareceu a ele disse: Eu sou o Deus Todo-Poderoso. Viva uma vida de comunhão comigo e seja obediente a mim em tudo”.
O caminho da vitória é sempre o da obediência incondicional a Deus (Dt 28.1-14). Nós podemos tirar lições tremendas com a história de Abraão.
Quando observamos o capítulo 16 de Gênesis, vemos Abraão cometendo o mesmo erro de Adão. Abraão deu ouvido a sugestão de Sara, assim como Adão deu ouvidos a Eva e qual foi o resultado? Vamos analisar juntos? Então vamos recordar o que aconteceu:
Sara oferece sua escrava Agar para seu marido Abraão: “Sarai, a mulher de Abrão, não lhe tinha dado filhos. Ela possuía uma escrava egípcia, que se chamava Agar. Um dia Sarai disse a Abrão: -Já que o Senhor Deus não me deixa ter filhos, tenha relações com a minha escrava; talvez assim, por meio dela, eu possa ter filhos. Abrão concordou com o plano de Sarai, e assim ela lhe deu Agar para ser sua concubina. Isso aconteceu quando já fazia dez anos que Abrão estava morando em Canaã. Gn 16.1-3”.
Agar fica grávida e então começa o conflito familiar: “Por sua culpa Agar está me desprezando. Eu mesma a entreguei nos seus braços; e agora que sabe que está grávida, ele fica me tratando com desprezo. Que o Senhor Deus julgue quem é culpado, se é você ou se sou eu!” Gn 16.5.

Vocês se lembram como foi à confusão lá na casa do irmão Adão? “A mulher que deste para ser a minha companheira me deu a fruta, e eu comi”. “ Gn 3.12
“Então o Senhor Deus perguntou à mulher: Por que você fez isso? A mulher respondeu: -A cobra me enganou, e eu comi”.Gn 3.13
Ninguém assume a responsabilidade. Vamos em frente! Abraão virase para Sara e diz: “Está bem. Agar é sua escrava, você manda nela. Faça com ela o que quiser. Aí Sarai começou a maltratála tanto, que ela fugiu. Mas o Anjo do Senhor a encontrou no deserto, perto de uma fonte que fica no caminho de Sur, e perguntou: — Agar, escrava de Sarai, de onde você vem e para onde está indo?
-Estou fugindo da minha dona – respondeu ela. Então o Anjo do Senhor deu a seguinte ordem:
-Volte para a sua dona e seja obediente a ela em tudo.
Nesta hora Deus dá uma ordem a Agar para obedecer e faz uma promessa. Ela retorna e nasce Ismael. Nesta época Abraão tinha oitenta e seis anos. Quando ele completa noventa e nove anos Deus lhe aparece. Então podemos observar um silêncio de treze anos. Eu creio que ao longo deste tempo Abraão certamente orava a Deus arrependido por ter tomado Agar. Conjeturando (e isto não é pecado – não estou acrescentando nada a Palavra de Deus) eu imagino Abraão dizendo: “Tu dissestes que eu não deveria temer, pois Tu és o meu escudo e o meu galardão. Prometeu me abençoar, disse que eu seria sepultado em ditosa velhice, mas eu atropelei tudo…”.
Agar surgiu na vida deste casal devido a outro erro de Abraão. Ele desceu ao Egito porque houve grande fome em Canaã, decidi morar por algum tempo no Egito. Como Sara era muito bonita ele imaginou que iriam matá-lo para ficar com ela. Então ele tem a “grande idéia”, mentir, entregar aquela que traria em seu ventre o fruto da promessa para ser violada por outro. Quando Faraó descobre expulsa-os de lá com tudo o que possuía e no pacote vai Agar. Deus livra Sara, Deus foi fiel mesmo quando faltou fé a Abraão. Havia fome em Canaã, mas será que Deus não poderia ter enviado alimento? Será que Abraão lembrou-se de orar a Deus? Ou confiou na força de seu braço? Nós somos diferentes de Abraão? Será que oramos sempre que precisamos de direção ou muitas vezes confiamos na força do nosso braço?
Depois tantas trabalhadas Deus aparece e diz: “Eu sou o Deus Todo_Poderoso. Viva uma vida de comunhão comigo e seja obediente a mim em tudo”. Gn 17.1 Que Deus tremendo!!! Esse é o nosso Deus! Ele se compadece da nossa miséria humana, pois Ele sabe como somos feitos; lembra que somos pó (Sl 103.14). Deus não desistiu de Abraão, o Seu plano continuou ininterruptamente. Não foi frustrado pela falta de fé de Abraão, apesar de este ter falhado. Eu creio realmente que Abraão se arrependeu por não ter confiado, por não ter esperado e o nosso Deus é aquele que esquadrinha o nosso coração (Sl 26.2; Pr 20.27; 1Cr 28.9).
Meu bem se somos infiéis, ele permanece fiel (2 Tm 2.13). Deus não reprovou e nem abandonou Abraão para que ele resolvesse tudo por si. Pelo contrário, o plano de Deus para Abraão manteve-se. Talvez você esteja enfrentando terríveis desencorajamentos. Talvez se sinta arrasado com tantos problemas, desafios e responsabilidades. Talvez se sinta fracassado. Talvez pense que sua fé irá desfalecer por completo. Talvez ache que não deva prosseguir. Talvez esteja esgotado com tantas obrigações e cobranças. Talvez esteja cansado por não entender porque sua vida enfrenta tantas lutas. Talvez tenha vontade de sumir, pois não agüenta mais. Talvez julgue não ser o homem ou a mulher de Deus que deveria ser. Talvez esteja a beira de cometer um erro terrível. Mas hoje o Senhor te diz: “E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado”. Gn 28.15
Meu bem às vezes surgem situações tão difíceis que mais parecem um turbilhão de águas querendo nos arrastar. Em tais momentos nós não podemos e não devemos nos desesperar e sim clamar a Jesus para não cairmos, na tentação da infidelidade. E certamente Ele ouvirá o clamor do coração aflito e dará o livramento necessário. “Quando fizeste coisas maravilhosas, que nós nem esperávamos, tu desceste do céu, e as montanhas tremeram diante de ti. Nunca ninguém viu ou ouviu falar de outro Deus que faz coisas assim em favor dos que confiam nele”.Is 64.3-4 Graça e Paz!

Regina Lopes

Facebook Comentarios