quinta-feira , 22 junho 2017

Ainda há uma saída – Alma Gort

Este artigo já foi visto647 vezes!

AINDA HÁ UMA SAIDA

Ali no calvário Ele se deu,
A história fala o que padeceu,
Em favor da humanidade ofereceu,
O seu corpo para ser  crucificado.

A humanidade neste desperdício,
No indecifrável jogo  desse ofício,
Que a mente humana julga como tal
Oferecer algo humano em sacrifício.

O que somos o que vemos em ciência,
Avançando em sua competência,
Mas vidas vazias andam sem essência
O incerto de uma inconseqüência.

Na história de vidas são impostas
Tristes realidades sem respostas,
Aonde tudo termina no degredo,
Acorrentadas por este segredo.

Mais existe ainda a confiança,
É na busca desta esperança,
Que é a verdadeira salvação,
Em Jesus temos a libertação

Que aqueles que buscam a resposta,
Encontram um abrigo verdadeiro,
Que superam todos os seus medos,
Esta Nele a verdade imposta.

JESUS CRISTO  ESPERANÇA NOSSA.

Alma Gort
Publicado no Recanto das Letras em 28/08/2010
Código do texto: T2463853
link: http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasevangelicas/2463853

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *