Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade – Bárbara Rebouças

Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade

Do ponto de vista analítico a cultura secular insiste em ditar massivamente sobre quais aspectos a nossa identidade deve se basear. A cultura, de modo tendencioso, induz que devemos ser guiados pelos sentimentos fugazes, seduzidos pelo status quo, saciados nos títulos acumulados, felizes à medida que as finanças pomposas sejam expostas na sociedade, como se todos esses itens comprovassem sucesso, sendo indispensáveis ao respirar. Para o mundo, quem não estiver integrado a essa ótica, não passa de mero fracassado subtraído.

Por outro lado, na contramão desse sistema manipulador, distante dessa ordem capitalista, eis que temos o Deus poderoso que nos criou, cujo olhar glorioso anuncia que nEle as definições ao nosso respeito são opostas ao conjunto de pretensos “valores” errantes desse mundo. Deus está afirmando abertamente que uma vida sem a identidade adequada é uma vida sem alegria e sem paz, ou seja, permanece fora do plano original concebido pelo céu. Nós só encontramos a mais completa versão pretendida de nós mesmos, quando nos encontramos em rendição total diante dAquele que nos criou.

Deus nos ama tanto, conhece a cada um de nós e tem autoridade para dizer quem nascemos para ser nEle. Fomos soprados, pelo poder criativo do Senhor, para andarmos em Sua santa presença. E então, por que deixamos sentimentos – ou qualquer coisa transitória e vazia – nos dizer quem somos? Essas condicionantes do mundo são gritantes contradições, todavia podem ser removidas, porque são abaláveis, são apenas palha, estão inseridas num contexto meramente limitador, desfocado, aquém do propósito divino.

Quantos pedaços seus você tem reunido no transcorrer da existência? Cacos sobre cacos, todos estilhaçados nesse longo caminho até aqui. Cortes e sangramentos na alma, responsáveis por feridas agonizantes internas, ainda não tratadas. É possível ser reconstruído? Existe cura para o eu dominado pelos dilaceramentos? Só há um bom e ele é Jesus Cristo. O Mestre é possuidor de completa capacidade para arrancar a cada um de nós do lugar de separação com ele, levando-nos ao único lugar de pertencimento fiel, onde a restauração torna-se real.

É nesse sentido de uma construção prodigiosa a partir de fragmentos que o agir soberano de Deus acontece. O que faz o vaso ter maior ou menor valor é o investimento que o Criador tem sobre ele. Se esse vaso é quebrado, cheio de imperfeições, a restauração vai ter em si as características hereditárias do Criador. Agora, quando esse vaso se fragmenta totalmente, o Criador tem a opção de jogar fora ou de pegar esses fragmentos e formar algo novo.

A construção do todo a partir do fragmento de imperfeitos que não se encaixariam na beleza do sozinho, mas, no todo, ele vai ganhando uma forma, uma definição e identidade própria. É essa possibilidade de pegar aquilo que estava perdido e fazer uma obra nova. É o que Deus faz com a gente, se quisermos, é a graça de Deus, é a obra da cruz. O sacrifício de Cristo na cruz é o grande fundamento da nossa existência porque ali Deus estava reconciliando consigo o mundo inteiro por amor.

Deus nos quer entregar uma nova certidão de nascimento espiritual, das águas purificadoras, do fogo do Espírito Santo. Aceite ser devolvido a sua verdadeira identidade salvadora. Aceite ser reintegrado a boa, perfeita e agradável vontade de Cristo. Aceite ser o melhor em Deus e para ele. Conceda ao Aba Pai a felicidade de olhar para você e afirmar: “Tudo o que eu fiz é muito bom e você é a minha melhor obra, filho”. Existe uma âncora na qual você pode se fixar, ela é imutável. Essa torre forte é o caráter santo do Rei Jesus. Ele continua à sua espera, sem desistir. Qual é a sua resposta?

“Porque, em vos convertendo ao Senhor, vossos irmãos e vossos filhos acharão misericórdia perante os que os levaram cativos, e tornarão a esta terra; porque o Senhor vosso Deus é misericordioso e compassivo, e não desviará de vós o seu rosto, se vos converterdes a ele”. 2 Crônicas 30: 9

Bárbara Rebouças

Facebook Comentarios

Check Also

Amá-lo acima das circunstâncias – Bárbara Rebouças

Amá-lo acima das circunstâncias Sou totalmente convencida que todos os detalhes das nossas vidas devem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *