terça-feira , 17 outubro 2017

A verdade acerca da dor – Ricardo César

Este artigo já foi visto697 vezes!

a verdade sobre a dor

A VERDADE ACERCA DA DOR

“Hoje eu gostaria de falar sobre a verdade acerca da dor. Você sabe que nós somos muito conscientes da dor. Em toda parte há comerciais para aliviadores da dor, exterminadores da dor e redutores da dor. A ciência continua a surgir com novas fórmulas. Temos ido da Aspirina até o Tylenol, do Iboprofen ao Neptroxin. A cada dia surgem mais e mais eliminadores da dor. Parece que o mundo inteiro está com dor de cabeça do ponto de vista dos anúncios e comerciais.  Um dia o filho chegou em casa e ainda não tinha almoçado e disse à sua mãe: “Meu estômago está doendo” e ela disse: “É por que está vazio.” Cinco minutos depois, entra seu pai e diz: “Estou com dor de cabeça.” O menino disse: ”É porque está vazia.” Portanto, a dor é parte da vida. Nunca experimentar nenhuma dor na vida é não ser humano. Você é um ser humano, você tem dor física, você tem dor emocional. E você tem dor espiritual. Agora, o mundo tem ensinado a você muitos mitos acerca da dor que não são verdade. Alguns deles são inofensivos, mas um dos mais destrutivos é esse:

MITO: “Se eu ignorar minha dor, ela irá embora.”

Em ouras palavras: Se eu bloquear minha memória, se eu fizer de contas que nunca aconteceu, se eu ignorar, então não terei nenhuma dor. Agora, por detrás disso, há outro mito que diz: É mais fácil evitar problemas  do que encará-los. Alguma vez você já ouviu algo parecido? Claro que já ouviu. E isso não é verdade. O fato é que, Deus não deseja que você ignore a sua dor. Ele quer que você descubra a causa a fim de que você possa encontrar alívio real.

Agora, a dor é uma luz de advertência e está dizendo que alguma coisa está errada em minha vida. É algo sábio ignorar uma luz de advertência? Não, não é. E não é sábio ignorar a sua dor. Ela está dizendo que alguma coisa está errada. A verdade:

VERDADE: A dor é uma ferramenta que Deus usa para o bem em minha vida.

O  problema é que nós geralmente não entendemos isso. Não compreendemos o que é o bem, o que é bom. Realmente, Jesus disse em João 13:7 (NVI)

“Respondeu Jesus: Você não compreende agora o que estou lhe fazendo, mais tarde, porém, entenderá.

E nenhum lugar esta verdade é mais apropriada do que na dor porque geralmente a dor vem em nossa vida e não entendemos por que ela está lá, ou qual é a finalidade dela. Não vemos nenhum propósito nela e se a dor não tem um propósito, é muito difícil de suportá-la. É muito mais fácil lidar com a dor quando você vê um propósito por trás dela.

Hoje eu gostaria de conduzir você através de cinco coisas que Deus diz acerca da dor em Sua Palavra. Cinco maneiras através das quais Deus usa a dor para o bem em sua vida.

COMO DEUS USA MINHA DOR PARA O MEU BEM?

 

  1. DEUS USA A DOR PARA MOTIVAR-ME.

 

Ou seja, para levar-me a agir. A dor nos faz agir como nenhuma outra coisa é capaz de fazê-lo. O que quero dizer é o seguinte: Eu não quero ir ao dentista até que a dor fique tão ruim  a ponto de ser maior do que o meu medo. Aí então eu me moverei e agirei. Eu penso que: “Não mudamos quando vemos a luz. Mudamos quando sentimos o calor.” (Pv. 20.30 NVI)  “Os golpes e os ferimentos eliminam o mal; os açoites limpam as profundezas do ser..” Você concorda com este verso? Sim. Veja, a dor nos leva a ação, leva-nos a fazer coisas que em outra circunstância adiaríamos. Ela nos move nos empurra. Ela nos compele a mudar. A dor nos força a mudar quando não desejamos mudar. Geralmente quando chegamos ao fundo do poço, então estamos prontos para mudar. Este foi o exemplo do Filho Pródigo em Lucas 15:14-18 (NVI): “Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para os seus campos a fim de cuidar de porcos. Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobas que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra e eu aqui, morrendo de fome! Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai e lhe direi: Pai pequei contra o  céu e contra ti.”   A dor causada pela fome finalmente o motivou a mudar. Você alguma vez já sentiu dor de fome? Alguns de nós temos este tipo de dor perpetuamente. Outro dia desses a minha esposa disse: “Ontem à noite havia dois pedaços de torta na geladeira. Agora só há um. Você pode me explicar isso?” Eu disse: “Dois? Que pena eu só vi um.”  Há algumas semanas atrás estávamos num restaurante  e eu já tinha ido ao local das comidas umas três vezes. Minha esposa disse:  Você não está ficando nem um pouquinho envergonhado?” Eu disse: “Eu não. Todas as vezes que eu vou lá, digo a eles que estou apanhando mais comida para a minha esposa.”

Agora vamos voltar ao nosso ponto aqui. Deus usa a dor para motivar-me. Nós raramente mudamos se não temos nenhuma dor em nossa vida.

 

  1. DEUS USA A DOR PARA GUIAR-ME .

 

Em outras palavras, como um freio na boca dos cavalos, Deus toma a dor e Ele nos vira em diferentes direções por causa da dor. (Salmo 119.71)

“Foi-me  bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos.”  Davi está dizendo: Dor é uma ferramenta de ensino. Alguma vez Deus já teve que ganhar a sua atenção através da dor? Algumas vezes uma pequena dor em sua vida, levará você a novas direções e Deus não apenas nos motiva a agir, mas Ele também nos guia através da dor. É como um pequeno rebocador que faz um grande navio virar a direção.E então, como o choro de um  bebê que diz, eu preciso mudar de fralda, a dor também significa que mudança é necessária. Veja este próximo verso (Hebreus 12.7 BV): “Permitam que Deus eduque vocês, pois Ele está fazendo o que qualquer pai amoroso faz com os seus filhos. Pois quem já ouviu falar de um filho que nunca foi corrigido?”  Veja a palavra “educar” . Algumas vezes a única maneira de educar e de treinar é através da dor. Quantos de vocês que são pais prefeririam não ter que disciplinar os seus filhos? Quantos de vocês que são pais, mesmo não desejando disciplinar os seus filhos, algumas vezes têm que fazê-lo de qualquer maneira para o bem deles? E por que você faz isso? Porque você os ama. Agora, Deus faz a mesma coisa. Deus não deseja trazer dor à sua vida, mas algumas vezes Ele tem que fazê-lo. Ele tem que disciplinar você, tem que treinar você, tem que movê-lo na direção certa.  Isso não acontece porque Ele está irritado, não é porque Ele está retaliando você, não é porque Ele não gosta de você e quer se vingar, mas é porque Ele ama você. A motivação dEle por trás de toda a dor é guiar-nos. É para o nosso bem.

 

  1. DEUS USA A DOR PARA MEDIR-ME

 

Em outras palavras, a dor é uma ferramenta de medida. Deus usa a dor para ajudar a você ver como é que você é por dentro. Por exemplo: Quando experimento a dor, a maneira como reajo a ela, mede a minha fé. Meus compromissos podem ser medidos pela maneira como eu reajo à dor. Minha maturidade pode ser medida pela maneira como eu reajo à dor. Minha paciência pode ser medida pela maneira como eu reajo à dor. Ela é uma maneira de ver o que está por dentro de você. As pessoas são como saquinhos de chá – você não sabe o que está por dentro até que você as mergulhe na água quente. E você realmente não sabe o que está dentro de você até que você tenha encarado o teste da dor. Agora, a Bíblia freqüentemente compara a dor a um fogo refinador. Como um fogo que você usa para refinar o ouro ou prata, na medida em que você aquece o ouro ou a prata, as impurezas são queimadas , a escória é queimada , ou seja, algumas coisas que não deveriam estar lá são queimadas. O que é que você está permitindo que seja queimado em sua vida? Se você permitir, a dor queimará o egoísmo. Ela apenas faz você ser menos egoísta. Se você permitir, ela queimará o materialismo. O desejo de ter que ter coisas realmente não importa quando você está com dor. Ela é uma grande refinadora do ego e do orgulho – a dor estoura o balão do ego rapidamente. Ela queimará a impaciência e tantas outras coisas. Deus diz: “Eu quero refinar você através deste processo.” (Isaías 48.10 NVI) “Veja, eu refinei você, embora não como prata; eu o provei na fornalha da aflição.” Aqui diz: “Eu refinei você. A dor é um teste. Ela expõe o seu eu real. Ela mostra como é que você é por dentro. Você sabe por que? Porque é impossível manter uma “imagem” quando você está com dor.

 

Dor testa o caráter. Você pode dizer: “Sou uma pessoa de integridade.” Mas quando a dor chegar, você estará ao lado da verdade, ou vai se afastar e comprometer-se. Você pode dizer: “Eu sou completamente comprometido com Cristo.” Mas quando a dor ocorre por causa de seu compro isso com cristo, você quer jogar a toalha e esquecer? Você pode dizer o que quiser, mas a dor revela o que você realmente é. Veja este verso:  (Tiago 1.2-3 BLH)  “Meus irmãos, sintam-se felizes quando passarem por todo o tipo de aflições. Pois vocês sabem que, quando a sua fé vence essas provações, ela produz perseverança.”  O que ele está dizendo aqui é: Pressão revela o que você é por dentro. Como você pode ver, esta é a razão pela qual os filhos de Israel gastaram 40 anos no deserto. Para marchar do Egito até Israel eram necessárias apenas umas duas semanas, mas levou 40 anos. Por que? Porque lá no deserto, Deus deixou que eles vagassem dando voltas e mais voltas e Ele os expôs a vários testes a fim de que eles pudessem ver como é que eles eram por dentro. Ele estava motivando-os, Ele estava guiando-os, e Ele estava medindo-os. Observe este verso aqui: (Deuteronômio 8.2 BV)  “Procure lembrar como o Senhor guiou vocês através do deserto durante quarenta anos – humilhando e provando você, para ver a sua reação, e se você obedeceria mesmo a Ele.”   Alguns de vocês estão atravessando o deserto, uma experiência como se estivessem passando por um deserto agora mesmo. E no deserto as coisas são secas. Talvez você esteja em um deserto emocional. Talvez você tem tido um relacionamento seco. Talvez as suas finanças se secaram. Talvez você tenha tido uma oportunidade que se secou e você está atravessando o deserto. Talvez a sua saúde esteja se secando. Deus diz: “Isto é um teste.” E Ele diz: Eu estou medindo você a fim de que você saiba o que é que está dentro de você.” Você está atravessando momentos difíceis e diz: “Não tenho nenhum sentimento. Eu simplesmente não sinto nada.” Você está atravessando um deserto. E talvez Deus esteja medindo você. Ele pode estar guiando você. Ele pode estar motivando você, ou número quatro, Ele pode estar guardando você.

 

  1. DEUS USA A DOR PARA GUARDAR-ME.

 

Algumas vezes Deus usa a dor para nos proteger de alguma coisa pior. Algumas vezes Ele usa a dor para nos proteger e prevenir que nos envolvamos em alguma coisa com a qual não deveríamos estar envolvidos. Como Ele não deseja que você esteja em determinados lugares, às vezes Ele tem que usar a dor. Portanto, Deus usa a dor para guardar-nos. Dor pode ser uma bênção disfarçada. Por exemplo, se você tem uma febre, esta é a maneira que o seu corpo diz a você que provavelmente você tem uma infecção em seu corpo, que precisa ser tratada. Se você nunca tivesse febre, aquela infecção poderia tomar o seu corpo e você poderia até morrer por causa dela. Realmente, uma pequena dor pode provocar uma conscientização de uma doença que ameaça a sua vida e se não tivesse aquela dor, nunca saberia da enfermidade e você poderia morrer facilmente. Algumas vezes Deus usa a dor para guardar-nos. Estou simplesmente dizendo isto: Emoções dolorosas dizem que algo fora do normal está acontecendo. E quando eu sinto depressão, ou quando sinto ressentimento, ou ódio, ou preocupação, ou quando sinto apatia, medo ou hostilidade, isto está me dizendo que alguma coisa está fora do lugar em minha vida. Alguma coisa está fora de equilíbrio e Deus está dizendo: “Eu quero que você corrija isto.” As emoções são o símbolo disto. Deus usa a dor para guardar-nos, para proteger-nos.

 

Você se lembra da história de José na Bíblia? A história desse indivíduo é interessante. O primeiro capítulo de sua vida é como se fosse uma história de horror. Tudo dava errado com ele. Por quarenta anos ele é negligenciado, rejeitado, vendido como escravo pelos seus irmãos e falsamente acusado de estupro. Ele é lançado na prisão e então é esquecido, além de ser falsamente acusado. A vida inteira dele é uma dor de cabeça só. Mas se você lê o final da história, você compreende que Deus estava preparando ele através daquelas circunstâncias. Ele termina sendo o segundo em comando no Egito e salvou não apenas o Egito mas também a Israel. No fim de sua vida ele diz: (Gênesis 50.2 BLH) “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos.”   Agora, vamos rever algumas coisas que tenho falado muitas vezes. Há obviamente pessoas em sua vida que desejaram fazer mal a você. Elas podem ter tentado fazer mal a você quando você era criança. Elas podem estar fazendo mal a você agora mesmo, emocionalmente, fisicamente, ou de alguma outra maneira. Elas estão tentado fazer mal a você e podem até ferir você, mas Deus diz: “Eu tenho um plano e um propósito maior do que isto e eles podem estar fazendo isso por mal, mas eu posso transformar isso em algo bom.” Você percebe que  durante toda vida de José, Deus estava guardando-o, guiando-o, motivando-o e medindo-o para algo grande porque (ouçam-me) não há grandeza sem dor. E então ele diz: Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem. Ele estava me guardando.” Você sabe do que é que eu gosto em José? Mais tarde na vida ele teve dois filhos e deu a eles os nomes deManassés e Efraim. Você sabe o que estes nomes significam? Manassés, significa em hebraico: Ele me fez esquecer. E Efraim significa: Frutífero ou Bem-sucedido. E mais tarde em sua vida, depois de quarenta anos de dor, ele poderia dizer: Deus tem me abençoado tanto e eu posso ver a figura tão mais clara agora, que ela me fez esquecer daquela dor de minha infância. Ele me tem feito bem-sucedido agora.” E Deus deseja fazer isto em sua vida também.

 

  1. DEUS USA A DOR PARA AMADURECER-ME.

 

Realmente, se eu fosse resumir tudo o que quero dizer a você nesta noite, seria isto: “Não tente sair fora de qualquer coisa prematuramente. Deixe que isso faça o seu trabalho a fim de que você se torne maduro e bem desenvolvido.”

 

Quando leio a Bíblia e os Salmos, vejo estes Salmos poderosos, movedores, e intensos e eu penso como é que Davi foi capaz de escrever tão eloqüentemente estes Salmos tremendos. Bem, tudo o que você tem que fazer é pensar acerca de sua infância, porque se você quer ver uma família desfuncional, Davi tinha uma. Ele era rejeitado, foi colocado para pastorear ovelhas, para tomar conta de rebanhos nos lugares mais distantes, e enquanto todos estavam em casa se divertindo, ele ficava o tempo todo sozinho. Ele não era amado pelo seu próprio pai – isto é bem óbvio – e era considerado o menor em sua família. Ele passou por solidão, rejeição, negligência, todas estas coisas. E foi durante aqueles tempos dolorosos que ele escreveu os salmos mais bonitos.

 

O que estou dizendo aqui é: Não desperdice a sua dor, não desperdice a sua mágoa. A dor transforma algumas pessoas em santas mas também transforma outras em demônios. Ela faz algumas pessoas amarguradas, mas faz outras pessoas melhores. Esta é a sua escolha. “Tenho escolhido focalizar a minha atenção em conhecer a Cristo?” Se você deixar suas feridas emocionais, físicas, ou o que quer que seja, conduzir você a um relacionamento com Cristo e a conhecê-Lo, então você será capaz de dizer como Paulo disse em (2 Coríntios 7.9 NVI) – “Agora me alegro, não porque vocês foram entristecidos, mas porque a tristeza os levou ao arrependimento. Pois vocês se entristeceram como Deus desejava…”  Meu apelo a você hoje é que você entregue a sua ferida e o seu coração a Jesus Cristo.

 

1 Pedro 4:19 (BV) – “Portanto, se vocês estiverem sofrendo segundo a vontade divina, continuem a fazer o que é direito e entreguem-se aos cuidados do Deus que criou vocês, pois Ele nunca falhará.”   Você não pode dizer isso de qualquer outra pessoa. ELE NUNCA VAI DESAPONTÁ-LO.

 

Conclusão

 

Quero encorajá-lo a encerrar hoje com uma pequena auto-avaliação. Pense agora nas feridas que você tem sofrido e na dor que tem sentido e faça esta pergunta: Pai, o Senhor está usando isto para motivar-me, levar-me a agir, a fazer alguma coisa que eu sei que devo estar fazendo? O Senhor está usando esta dor para  guiar-me, para apontar-me uma nova direção? O Senhor está usando esta dor para medir-me, ajudar-me a medir-me a mim mesmo, e ver como é que eu realmente sou por dentro e ver o que precisa ser mudado? É ela uma luz de advertência mostrando que alguma coisa está errada? O Senhor está usando esta dor para guardar-me, para proteger-me de alguma coisa pior, para evitar que eu fique vagando longe demais, para manter-me dependente de Ti? O Senhor está usando esta dor para amadurecer-me, para fazer-me como Teu Filho Jesus Cristo? Paulo disse: “Isto aconteceu para que possamos aprender a confiar não em nós mesmos, mas em Deus.”

 

Pai, eu sei que há muitas pessoas aqui hoje que estão em dor. Algumas delas têm estado carregando um fardo por semanas, por meses e algumas delas os têm carregado por anos e isto machuca muito. Obrigado porque Tu te preocupas conosco, com a nossa dor, com as nossas feridas. Obrigado porque Tu tens me ajudado com as minhas feridas e eu te peço que ajudes a outras pessoas hoje…

 

Agora, por que você não fala com Deus? Por que você não diz a Ele isto:

 

“Querido Deus, será que Tu me ajudarias com as minhas feridas? Obrigado porque Tu Te importas com elas. Obrigado porque Tu Te importas comigo. Obrigado porque me amas. Obrigado por teres enviado o Teu Filho Jesus Cristo por mim, não para tirar de mim a minha dor, mas para andar comigo através dela. E então hoje, querido Jesus, eu Te peço para tomar cada parte de minha vida, especialmente as partes que machucam e que Tu as use para o bem em minha vida e que me ajudes a atravessar tudo isso. Quero crer em Ti e quero Te conhecer. Em Teu nome eu oro. Amém.”

Ricardo César

 

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *