A Soberania de Deus – Loraine Boettner

A SOBERANIA DE DEUS

Pelo fato de Deus ter criado tudo o que existe, Ele é o Dono absoluto e Regulador de tudo o quanto Ele fez. Ele rege o mundo que Ele criou. As nações da terra, em sua insignificância, são como grãos de poeira na balança, quando comparadas com a Sua grandeza;

Nas Escrituras Ele nos está representado como Deus ONIPOTENTE, que se assenta no trono do domínio universal. Ele sabe e conhece desde o princípio o resultado e os meios a serem utilizados para que tal resultado seja atingido. Ele é capaz de fazer por nós excelentemente e abundantemente mais do que nós pedimos ou mesmo pensamos. A categoria do impossível não existe para Ele “porque para Deus tudo é possível”, [Marcos 10:27 ; também Mateus 19:26].

Sua onipotência é tão certamente uma garantia de que o curso do mundo será conforme o Seu plano, quanto a Sua santidade é uma garantia de que todas as Suas obras serão certas.

“O Todo Poderoso Criador de tudo está representado igualmente como o irresistível Regente de tudo o quanto Ele fez” ; “Senhor se assenta como rei, perpetuamente” [Salmo 29:10].

E não devemos crer que Deus pode converter um pecador quando Lhe convier? Não pode o Todo-Poderoso, o onipotente Soberano do universo, mudar o caráter das criaturas que Ele fez? Ele transformou a água em vinho em Caná, e converteu Saulo na estrada para Damasco. O leproso disse: “Senhor, se quiseres podes purificar-me”, e com uma palavra, sua lepra foi curada. Deus é capaz de limpar tanto a alma como o corpo.Deus não perdeu nem um pouco do Seu poder.

A soberania de Deus é universal e absoluta, é aliada à sabedoria infinita, santidade e amor. E esta doutrina, quando apropriadamente compreendida, é muito confortadora e digna de confiança. Quem não preferiria ter toda a sua vida nas mãos de um Deus de poder, sabedoria, santidade e amor infinitos, do que ter de deixá-la à mercê do acaso, do destino ou de irrevogável lei natural, ou de ego pervertido e sem visão?

Como, então, são controladas e guiadas as ações do universo? “De acordo com o propósito dAquele que desenvolveu todas as coisas de conforme a Sua vontade”. A tendência atual é de deixar de lado doutrinas de Soberania Divina, de modo a obter espaço para a autocracia da vontade humana. O orgulho e a presunção do homem, de um lado, e a sua ignorância e depravação do outro, levam-no a excluir Deus e a exaltar-se a si próprio tanto quanto ele é capaz; e estas duas tendências combinadas afastam a maioria da raça humana para longe do Calvário.

PROVAS NAS ESCRITURAS

Daniel 4:35: “… ele opera no exército do céu e entre os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?”.

Jeremias 32:17: “Ah! Senhor Deus! És tu que fizeste os céus e a terra com o teu grande poder, e com o teu braço estendido! Nada há que te seja demasiado difícil!”.

Mateus 28:18: “E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra”.

Efésios 1:22: “E sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu à igreja”.

Efésios 1:11: “nEle, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade”.

Isaías 14:24,27: “[24] – O Senhor dos exércitos jurou, dizendo: Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará. [27] Pois o Senhor dos exércitos o determinou, e quem o invalidará? A sua mão estendida está, e quem a fará voltar atrás?”.

Isaías 46:9 – 11: “[9] – Lembrai-vos das coisas passadas desde a antigüidade; que eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim; [10] que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antigüidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho subsistirá, e farei toda a minha vontade; [11] chamando do oriente uma ave de rapina, e dum país remoto o homem do meu conselho; sim, eu o disse, e eu o cumprirei; formei esse propósito, e também o executarei”.

Gênesis 18:14: “Há, porventura, alguma coisa difícil ao Senhor?…”.

Jó 42:2: “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido”.

Salmo 115:3: “Mas o nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz”.

Salmo 135:6: “Tudo o que o Senhor deseja ele o faz, no céu e na terra, nos mares e em todos os abismos”.

Isaías 55:11: “Assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei”.

Romanos 9:20,21: “[20] Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?[21] Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para uso honroso e outro para uso desonroso?”.

Facebook Comentarios

Deixe uma Resposta

Seu endereo de email no vai ser publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*