8 Momentos desconfortáveis na oração

8 Momentos desconfortáveis na oração

janeiro 17, 2014 0 Por Robins Addams

As reuniões de orore_sem_cessaração são uma coisa muito grandiosa! Meu marido tem estado presente neste ministério há 12 anos e eu fui a muitas delas. A maioria acabam bem. Eles são um tempo significativo gasto com Deus. Orações compartilhadas entre os irmãos. Pedidos são feitosO que poderia ser melhor na igreja?

Mas, há aqueles momentos em que as coisas ficam um pouco desconfortável. O que começou com boas intenções, de alguma forma ficou “estranho.” Há muitas maneiras isso pode acontecer. Aqui estão 8 das minhas “coisas esquisitas preferidas” no momentos de oração que eu experimentei como a esposa de um pastor.

1.) Quando duas pessoas começam a orar ao mesmo tempo e ambos param de uma vez só, sem se ter certeza se eles devem ou nãocomeçar de novo. (Coloque ai o silêncio desconfortável.) Quem deve começar de novo? É sempre um mistério!

2.) Existem aqueles momentos que começam inocentemente. Mas, então, alguém lhe faz um pedido de oração, apenas para contar uma fofoca ao fazê-lo.  A “vítima da fofoca” normalmente não está presente. Você ouve alguns suspiros do grupo de oração. A próxima vez que você ver a “vítima”, você não tem certeza de como reagir ou o que dizer a eles. Você menciona isso e diz que você está orando por eles? Você vai alertá-los que todo o grupo de oração já sabe o seu “segredo”. Não há respostas fáceis aqui.

3.) Às vezes, um pedido de oração se transforma em uma “falta de humildade” no momento para a oração. Eu não acho que é intencional. Talvez só algo do momento. Fomos uma vez em um culto na igreja que frequentava regularmente e a senhora orando agradeceu a Deus que a nossa igreja era “a igreja mais amigável na cidade.” Em primeiro lugar, isto não era verdade, a igreja era famoso por não receber visitantes, ninguém ia lá. Em segundo lugar, é como se você estivesse se chamando de “humilde”.Não é algo realmente que você diz sobre si mesmo.

É como Números 00:03 onde diz: “Ora, Moisés era um homem muito humilde, mais humilde do que qualquer outra pessoa na face da terra.” Enquanto Moisés é o autor do livro de números, podemos saber que não foi Moisés que escreveu esta parte, certo?

4.) Há também aqueles momentos em que um pedido de oração se transforma em um sermão. Um longo e comprido sermão! Eu nunca aprendi como lidar com estes. Desde que meu marido é o pastor e, normalmente, dá sermões, eu não consigo descobrir se essas pessoas estão com alguma coisa travadas dentro do peito ou é apenas “inveja do trabalho.” Talvez um pouco de ambos?

5.) Nada é mais humilhante do que quando são chamados a rezar e você não pode se lembrar de um único pedido de oração dado apenas. É hora de uma “oração cobertor” e espero que ninguém perceba!

6.) Há também aqueles momentos em que alguém dá um pedido de oração para eles mesmos para uma cirurgia que vão fazer ou outro procedimento médico que envolve uma parte do corpo que provavelmente não deveria ser mencionado em uma reunião de oração. Nós temos sido uma parte de várias orações em congregações mais velhas e já oramos de mais por problemas de próstata!

7.) Há um em cada congregação. Eles são a “oração silenciosa.” Isso muitas vezes deixa-lo forçado a “olhadinha” para ver se a oração já acabou. Nunca é fácil de determinar quando se é o momento é adequado. Você não quer ser o único ainda de pé em oração, quando todo mundo está se movendo já fazendo outras coisas. Mas você também não quer ser visto com os olhos abertos durante a oração por outro “curioso” de olhar menos espiritual.

8.) Quando a oração é tão longa que você começar a cochilar. Em seguida, você deve determinar o que fazer para manter-se acordado, sem perturbar o seu vizinho. Ou, pior ainda, deixá-los saber que você está tendo problemas para ficar acordado!

Estive presente quando alguém lhe dá um pedido de oração que pertence mais em um confessionário do que em uma reunião de oração aberto. Uma vez que a pessoa sentada ao meu pedido: “Por favor, orem para que eu vou parar loja de elevação.” Eu não tinha certeza do que dizer a essa pessoa depois de tempo de oração. Então eu fiz a próxima melhor coisa: eu dei-lhes um abraço!

As reuniões de oração são uma grande coisa! Mas há aqueles momentos, se você foi a muitas reuniões de oração, que pode ficar um pouco “desconfortáveis.” Quando estes acontecem, apenas ria de si mesmo. (Realmente, eu estou falando sério, basta fazê-lo para si mesmo!) Eu tenho certeza que Deus está sorrindo durante alguns deles, também!

Alguma vez você já teve um momento de oração desconfortável?

Autor: Robins Addams
Fonte: http://stuffchristianslike.net
Tradução: Daniel Fernando Ribeiro César

Facebook Comentarios